Blog

Hábitos saudáveis: da infância para toda a vida!

11

Hábitos saudáveis: da infância para toda a vida!

11 de abril de 2017
278 Visualizações | Nenhum Comentário

Durante o crescimento, as crianças absorvem hábitos e rotinas muito facilmente. Assim, torna-se muito simples criar vícios não saudáveis, como consumo de açúcar e gorduras em excesso, passar muito tempo em frente à televisão, etc.

 

  • Higiene Bucal: Manter uma rotina de higiene regrada na infância ajuda no desenvolvimento de um adulto responsável. Ensine à criança que ela deve variar seus movimentos na escovação. Explique que ela deve limpar a parte superior, inferior, e também a parte interna dos dentes, bem como a língua.
  • Lavar as Mãos: Além de muito importante, isso evita que alimentos sejam contaminados e que seus filhos fiquem doentes por bactérias existentes em suas mãos. Depois de utilizar o banheiro, depois de brincar com os animais de estimação, antes de comer…
  • Hábitos de banho: Saber lavar todas as partes do corpo igualmente, tirar o shampoo do cabelo e secar-se adequadamente evita problemas de pele.Durante o crescimento, as crianças absorvem hábitos e rotinas muito facilmente. Assim, torna-se muito simples criar vícios não saudáveis, como consumo de açúcar e gorduras em excesso, passar muito tempo em frente à televisão, etc.

11

  • Sono: Ter um boa noite de sono ajuda na disposição e crescimento. É possível que sejam abertas exceções nos finais de semana, porém, dormir o necessário para o funcionamento do corpo é essencial, mantendo todas as funções físicas, emocionais e mentais em equilíbrio.
  • Esporte: Praticar esportes ajuda no condicionamento e melhora da saúde de seu filho. Acrescentar hábitos que incluam atividades físicas na vida das crianças evita que se tornem adultos sedentários.
  • Hábitos Alimentares: Ter uma boa alimentação não significa que você precisa cortar todos os doces e gorduras da vida do seu filho! Busque equilibrar e variar as refeições, permitindo alguns mimos de vez em quando.

Vamos cuidar da saúde?

Deixe seu comentário

*